Apesar da crise, vai ter disco!

Nunca antes na história desse país as campanhas de financiamento coletivo foram tão necessárias. Artistas independentes sem gravadoras e sem jabá já tinham dificuldade em conseguir patrocínios ou captar verbas por leis de incentivo à cultura, mas agora ainda têm que lidar com a crise econômica mundial. Apesar da crise, na quinta-feira, 11 de agosto, a banda mineira Djalma Não Entende de Política faz a festa de lançamento da campanha de financiamento coletivo de seu álbum, Apesar da Crise.

Segundo o baixista do grupo, Terêncio de Oliveira, a data da festa não foi escolhida à toa: “não podíamos deixar passar em branco os aniversários de tanta gente que influenciou diretamente na composição das músicas do disco, como Emiliano Zapata, Ronald Biggs, Preta Gil, o Madureira Esporte Clube e o município de Votuporanga, onde ainda não fizemos nenhum show”.

CARTAZ_02

 

O dinheiro arrecadado na noite será direcionado para a finalização do disco, com a mixagem, masterização e prensagem. A festa acontece no espaço cultural Benfeitoria, escolha óbvia para a trajetória da banda. “A Benfeitoria é o lugar onde o Djalma se apresentou mais vezes”, confessa a percussionista Carol Abreu, que se mudou para um apartamento a 100 metros do local, para voltar a pé para casa depois dos shows.

O crowdfunding, ou financiamento coletivo, será feito pela Variável 5, mesma plataforma escolhida peloDjalma para financiar seu primeiro trabalho, o EP da DP, em 2014. “Daquela vez lançamos um disco com cinco faixas. Apesar da criseterá 10 músicas, o dobro do trabalho, dos custos e da correria”, avalia o tecladista André Albernaz. Todo o processo foi realizado no Estúdio Motor, com a direção artística de Di Souza e produção musical de Rafael Dutra. Ygor Rajão será o responsável pela masterização e Daniel Iglesias assina a arte gráfica. “Além disso, estamos preparando o lançamento, com cenário, iluminação, figurino… Tudo isso está nos planos, e é por essa razão que precisamos do financiamento”, completa André, enquanto faz as contas.

O show de lançamento do disco Apesar da Crise está previsto para 26 de outubro. “Da festa de lançamento do crowdfunding, nesta quinta-feira, até lançar o disco, em outubro, vai ser muito trabalho, mas, apesar da crise, temos boas expectativas”, afirmam a vocalista Drica Mitre e o guitarrista Carlos Bolívia, ao mesmo tempo, um em Lá, o outro em Ré. Perguntado sobre a razão do nome do disco, Apesar da Crise, o baterista Fernando Monteiro não soube responder: “Nunca entendi esse nome. Parece coisa do Djavan ou do Luiz Melodia”.

 

 


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s